Empregada doméstica libera a cona para o patrão

Para a empregada doméstica era apenas mais um dia de trabalho a limpar a casa, mas o patrão tinha outras ideias mais quentes e por um dinheiro extra ela aceitou passar a tarde a foder. Começa por fazer um broche bem gostoso em que lambe todo o tronco, com especial atenção aos dois culhões e também à cabeça. É um broche perfeito feito com muita vontade de agradar, nota-se que a vagabunda adora chupar e ter um pau na boca. Depois do boquete vão para o sofá continuar a sessão de sexo, primeiro com ela a cavalgar para depois terminar a levar de quatro.